08/06/2016

Trilha da Lagoa da Pedreira

Caros Rapaduras:

Outra boa opção para pedalar nas proximidades da Capital é o entorno de Macaíba, cidade localizada na Região Metropolitana de Natal.
O marco zero foi novamente o Posto Emaús, situado na BR 304, ao lado da passarela (sentido Natal-Parnamirim). Na saída encontramos alguns integrantes do Pedal da Quarta, os quais juntaram-se ao nosso grupo. Iniciamos o pedal às 06h30min e seguimos pelo acostamento da BR 304 até a Estação de Rádio Guarapes da Marinha do Brasil. Ali deixamos o asfalto, entramos à direita (placa da Fazendinha) e seguimos por aproximados 5 Km de estradão de barro até a BR 226, dobrando à esquerda. Aproximadamente 1,5 Km, do lado direito, tem uma barraquinha com caldo de cana, pastel e frutas, sendo uma parada obrigatória para repor as energias.
Continuamo pela BR 226 e logo chegamos em Macaíba, antes porém uma parada para visitar o Solar do Ferreiro Torto (vide postagens anteriores:  http://www.rapadurabiker.com.br/2015/03/pedal-solar-do-ferreiro-torto-e.html e http://www.rapadurabiker.com.br/2012/04/pedal-do-ferreiro-torto-2012-conhecendo.html), fazendo os devidos registros fotográficos.
Partimos então para conhecer a Lagoa da Pedreira, tendo antes que enfrentar o trânsito do centro da cidade em dia de feira. Todo cuidado é pouco, pois o movimento é intenso (carros, pedestres, bicicletas, motocicletas, carros de mão, cavalos e tudo que tenha mobilidade). Após a ponte entramos à direita no semáforo e quando alcançamos a bifurcação em Y, seguimos pela direita no sentido de Pajuçara e Uruaçu. Tem início uma leve subida pelo asfalto e antes de atingirmos o cume da ladeira é necessário entrar à direita e seguir pelo calçamento até o final da rua, entrando em uma breve trilha e alcançando a parte alta da Lagoa da Pedreira, permitindo um lindo visual do local, inclusive percebendo que a lagoa fica localizada nos fundos do Solar Ferreiro Torto, sendo o Rio Potengi o marco separador. É possível descer por trilha até a parte baixa da lagoa, permitindo inclusive banho, entretanto, informações coletadas anteriormente foram no sentido de que demorássemos pouco no lugar, pois existem alguns "frequentadores" pouco amigáveis. Resolvemos seguir o conselho e ficamos cerca de dez minutos no lugar, tempo suficiente para excelentes "retratos".
Voltamos pelo centro da cidade e a feira continuava intensa. Atravessamos a BR 304 e seguimos pela rua lateral da Fábrica do Mel Borges, parando no primeiro mercadinho para aquisição de água. Seguimos adiante pela "Trilha das Frutas" e após uns 5 Km entramos à esquerda na Estrada do Fio, saindo no Distrito Industrial. Aqui tivemos um momento interessante: paramos para agrupar na frente de uma empresa com muro alto e portão grande. De repente o portão foi aberto e lá de dentro saiu um senhor muito simpático, seu Antônio, nos ofertando água gelada, banheiro e uma mangueira para quem quisesse "molhar o cangote". Agradecemos a gentileza e ganhamos o dia com tal gesto.
Seguimos pela marginal da BR 304 e logo tivemos que subir para o acostamento. Por volta de 11h30min alcançamos o Posto Emaús, nos despedimos e anotamos mais um pedal nos nossos anais.
Total aproximados do trajeto 45 Km. Tempo aproximado 5 horas.
Valeu Rapaduras!!!
P.S.: Seguem algumas fotos. Quem pretender receber o trajeto realizado, basta solicitar por e-mail: rapadurabiker@gmail.com
Solar do Ferreiro Torto

Parada do caldo de cana.

Lagoa da Pedreira.

O pau de selfie Tabajara.

4 comentários:

  1. Show de bola....! Belas fotos, e a descrição me fez percorrer todo o trajeto do pedal novamente.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Lendo o excelente texto , refiz todo o percurso.

    ResponderExcluir