30/07/2014

Assaltos na Rota do Sol: providências.

Reunião com o comando da Polícia Militar


Em função dos assaltos ocorridos na Rota do Sol na semana passada e os ocorridos durante a manifestação realizada "justamente" para pedir segurança naquele local, foi realizada hoje uma audiência com o Comando da Polícia Militar do RN.

A reunião solicitada diretamente ao Coronel Araújo, comandante geral da PM foi de iniciativa do Vereador Sandro Pimentel e teve ampla repercussão e participação de diversas entidades e ciclistas.

Estiveram presentes a ACIRN, Federação de Triathlon, Ministério Público, representante da OAB em defesa dos direitos humanos, Ver. Sandro Pimentel, Dep. Kéops Lima, ASPOAN - Assoc. Potiguar Amigos da Natureza, Ong Baobá e dezenas de ciclistas, incluindo as vítimas do assalto da última noite.

Da parte da PM, além do Cel. Araujo estiveram presentes os comandantes da ROCAM, Choque e CPRE.

Após as explanações e falas dos representantes das entidades e ciclistas a palavra ficou com o Comandante que expôs suas sugestões e dificuldades da corporação. Este se mostrou sensível ao problema e dispôs a estrutura "possível" atualmente para prevenir novos atos criminosos.

Ficou acertado que a ROCAM e a CPRE ficarão responsáveis pelo patrulhamento ostensivo na Rota do Sol já a partir de hoje. Infelizmente não será possível haver patrulhamento 24 h. Todos sabemos as dificuldades que a estrutura da segurança pública enfrenta no nosso Estado.

Assim sendo foram determinados dois horários:

  • Pela manhã das 05 h as 08 h
  • A noite das 18 h as 22 h
Esses são os horários que a polícia militar estará efetuando ronda na Rota do Sol no trecho entre Ponta Negra e a base da CPRE. 

Esses são os horários "seguros". Logo, sugerimos a todos os ciclistas que utilizam a Rota do Sol para passeio ou treino que se programem para utilizarem aquele espaço dentro destes horários.

Recomendamos ainda que jamais pedalem sozinhos ou em dupla. O ideal é formar pequenos grupos de no mínimo dez ciclistas. Grupos que pedalem no mesmo ritmo, com o mesmo objetivo e capacidade física, ou seja: se você quer treinar e pedalar forte, agrupe-se com uma turma que tenhas as mesmas características. Se quer apenas passear, idem. 

Esta é uma excelente oportunidade para ampliar seu círculo de amizades. Não importa se você não conhece "aquele" grupo. Chegue junto, apresente-se e sugira irem juntos. Da mesma forma os grupos já formados unam-se àqueles ciclistas que estão sozinhos ou desenturmados.

Jamais deixem alguém ficar para trás! Se um parar, todos param. 

Se por acaso o seu grupo estiver pedalando e cruzar com um outro grupo parado, pare imediatamente e juntem-se. E se vier um outro grupo faça-o parar e fiquem juntos, o maior número de ciclistas possível. Essa é uma maneira de evitar mais assaltos e se solidarizar.

Não há mal que não traga um bem. E neste momento o maior "bem" é justamente o entrosamento, a solidariedade, o companheirismo e a união de todos pelo bem de todos.
Postar um comentário