09/10/2014

Rapaduras e Livros

Navegando nos mares turvos da Internet reencontrei a Professora Rejane de Souza e tive a oportunidade de conhecer virtualmente a sua experiência na Biblioteca Comunitária Dona Mariinha, no Distrito de Tororomba, no Município de Nísia Floresta-RN. Fiquei curioso para conhecer fisicamente o lugar. Compartilhei o meu desejo com alguns integrantes do grupo e em pouco tempo ficou definido um pedal, cujo trajeto incluiu uma passagem na Biblioteca.
No dia marcado saímos da Lagoa da Redonda, passamos por Boágua, Carcará, Timbó, Campo de Santana, Genipapeira e finalmente chegamos em Tororomba, já sendo aguardados por uma simpática senhora da comunidade, Dona Régia, uma das colaboradoras da Biblioteca. Subimos uma pequena ladeira e logo chegamos ao prédio com paredes pintadas em azul e branco, tudo limpo e organizado. As portas foram abertas e nos deparamos com duas salas muito bem organizadas, com vários livros e um ambiente propício à leitura. Conhecemos tudo e nos comprometemos de voltar. No retorno aos carros constatei entre os colegas o mesmo sentimento que me invadia: vontade de fazer algo, por mínimo que fosse, para incentivar uma iniciativa tão nobre.
Em contato com Rejane ficou estabelecido que precisavam de equipamentos de informática, pois seriam de grande utilidade para inclusão digital e outras abordagens além do livro de papel. Focamos então nosso propósito e abrimos uma campanha entre os integrantes e simpatizantes do grupo. Em cerca de quarenta dias conseguimos arrecadar três computadores (CPUs, monitores lcd, mouse, teclado e estabilizadores), uma TV 29 polegadas, um aparelho de DVD e vários livros.
Em 27 de setembro, dia dedicado a São Cosme e São Damião, saímos de bicicleta do pátio da igreja matriz de Nísia Floresta-RN e iniciamos uma distribuição de balas e doces com as crianças de diversas comunidades, terminando em Tororomba e ali fomos recepcionados por Rejane, colaboradores, membros da Cáritas e crianças da comunidade. Fizemos a entrega do que arrecadamos e passamos uma manhã maravilhosa. Um dia certamente que ficará marcado na história do Rapadura Biker. Confiram algumas fotos.



























Um comentário:

  1. Parabéns pelo texto e aos Rapaduras por suas ações solidárias.

    ResponderExcluir