15/06/2011

Mais um "causo" do Rapadura.

Quem me contou não pediu segredo, mas por razões de ética blogacional vou nominar o protagonista do "causo" de Forrester Gump, deixando ao critério do leitor descobrir de quem se trata. Asseguro, no entanto, que é ciclista e que já pedalou conosco algumas vezes.
Foi assim: O cara saiu de casa pra procurar uma Puma GTB em uma cidade do interior nas proximidades da Capital. Não foi sozinho e chegando no local marcado o pretenso vendedor da Puma GTB demorou a aparecer. Para não perder a viagem Forrest começou a tomar umas cangibrinas e o tempo foi passando. De repente passou de meio dia e o vendedor do carro não deu o ar da graça. Chegou o final da tarde e nada do infeliz. Resultado: Forrest voltou pra casa e chegou mais melado do que pau de galinheiro. Foi direto pra cama e entregou-se aos braços de Morfeu.
Acordou por volta das 19h00min e foi logo perguntando se a mulher já estava pronta, pois tinham sido convidados para uma festa junina na granja de um amigo em Macaiba-RN. A mulher quando olhou para Forrester foi logo dizendo: "Eu mesmo não vou pra lugar nenhum, pois quem gosta de bêbado é dono de bar...Continue dormindo que é o melhor que você faz".
Forrester não aceitou a negativa da mulher e disse que ia sem ela, mas a mulher (muito cuidadosa e ligeira) tratou de esconder as chaves do carro, deixando Forrester feito um doido dentro de casa.
Quando a mulher achou que tinha vencido a batalha, eis que vem a surpresa: Forrester vestiu uma camisa quadriculada e uma calça us top, montou na bicicleta e seguiu seu rumo para Macaiba-RN. No caminho ainda tomou umas duas e chegou na festa por volta das 21h00min, sem um pingo de suor, pois o frio era grande. Aproveitou a festa, tomou todas e veio embora de carona, deixando sua bicicleta no local.
Diz a lenda que até hoje a sua bicicleta continua em Macaiba e de fato desde o dia do ocorrido eu não vi mais Forrester pedalando entre nós.
Ganha uma rapadura que adivinhar a verdadeira identidade de Forrester.