16/08/2011

Projeto Homem Livre

Se alguém me perguntar qual dos sentimentos melhor exprime o ato de pedalar a minha resposta é direta, objetiva e absoluta: a liberdade.
Hoje tive a satisfação de conhecer Danilo Perrotti, um mineiro que tem um projeto belíssimo em cima de uma bicicleta. Não vou descrever o projeto e prefiro remeter os seguidores para o link (http://www.homemlivre.com.br/projeto.php?idioma=1&txt=17), pois assim possibilito a vocês sentirem as mesmas emoções que me invadiram durante a visita ao site.
Fomos encontrar Danilo Perrotti e seu genitor com a galera do Ponta Negra Bike (Haroldo Mota, Pedrinho Brito, Cristiane, Claudia, Santiago, Renato, Gabriel, Eduardo, Alex Alcoforado, Vitória e uma penca de ciclistas cujos nomes não gravei) lá no estacionamento do Supermercado Favorito da Engenheiro Roberto Freire. No caminho começou uma chuva fininha e chegamos a cogitar de voltar, mas Claudia Celi insistiu e seguimos nosso rumo. Essa foi de fato a melhor opção.
Danilo é daqueles caras que exalam simpatia por todos os poros e transparece uma pureza tão rara de encontrar nos dias de hoje. Quando fez uso da palavra para dizer de suas emoções na viagem que realiza foi bastante singelo e enfático: "as pessoas são boas em todo lugar do mundo". Uma frase aparentemente tão simples, mas de significado tão intenso. É bom saber que nem tudo está perdido e que ainda é possível encontrar quem nos acolha em qualquer lugar que estejamos.
Seu pai estava presente e também pedalou conosco, demonstrando grande vitalidade e, principalmente, dando um exemplo de apoio incondicional ao projeto do filho. Tenho certeza que o domingo do dia dos pais deles foi muito especial.
Vai Danilo! Terminas conforme planejado. Saibas que tua mensagem foi absorvida por nós e que um dia nos encontraremos pedalando em algum lugar do mundo







.http://www.homemlivre.com.br/projeto.php?idioma=1&txt=17
Postar um comentário