27/01/2011

Velotour 2011 - Circuito do Vale Europeu em Santa Catarina

AVENTURA, DESAFIO, DIVERSÃO

1 > 2 > 3 > 4 > 5
CONCEITO
Como é o evento
Cronograma
Dúvidas freqüentes
INSTRUÇÕES
aos participantes
TERMO
a ser assinado
HOSPEDAGEM
Onde ficar
Resrvas
PLANEJAMENTO
Roteiro
O que levar
1. CONCEITO
VELOTOUR NO CIRCUITO VALE EUROPEU
carnaval - 6 a 12 de março de 2011
Sete dias intensos pedalando por um dos mais procurados roteiros de cicloturismo do país. O Circuito Valeu Europeu, que fica em Santa Catarina, é todo sinalizado e estruturado para receber os ciclistas. Este roteiro é aberto e pode ser percorrido por ciclistas ao longo de todo o ano. Porém, no carnaval deste ano um grande grupo irá percorrê-lo em conjunto, numa viagem coletiva chamada de Velotour.
O Velotour não tem caráter competitivo, ao contrário, visa estimular o companheirismo e a interação com os outros participantes e com o local. A inscrição no evento será gratuita e cada participante é autônomo, isto é, cuida de sua própria hospedagem e alimentação, carrega seus próprios pertences e tudo o que for precisar durante a viagem. Os participantes levam suas ferramentas, seu alimento e água, pois não há carro de apoio. A idéia é realmente fazer uma viagem autônoma, porém sempre com a vantagem de estar próximo de muitas pessoas percorrendo o mesmo circuito.
ESTRUTURA
A estrutura é bastante simples. Os participantes recebem uma planilha do percurso e uma credencial do Velotour para ser preenchida ao longo da pedalada. Não há guias ou monitores. Mas no decorrer do percurso de cada dia, existem cerca de dois ou três pontos de controle (PCs), onde a credencial é carimbada por um membro da equipe Velotour, com os carimbos específicos (que pertencem ao Clube de Cicloturismo).
Ao final da viagem se o participante tiver passado por todos os PCs ele recebe um certificado de que completou o percurso (que é um carimbo especial de conclusão).
Os participantes não necessariamente precisam formar um grupo, já que cada um pode ir no seu próprio ritmo. No Velotour não há um carro de apoio para acompanhar e carregar bagagens.
Porém, existe um carro de resgate, geralmente no final do dia, para recolher ciclistas que por motivo de problema mecânico, esgotamento físico ou outro problema qualquer, não possam completar o trajeto.
O Velotour acontece todos os anos desde de 2008 no Vale Europeu e desde 2010 no Circuito Costa Verde & Mar.
PEDAL
Este Velotour terá 07 dias de duração divididos em duas partes. Nos primeiros três dias percorreremos o trecho do circuito de Timbó até Rodeio, conhecido como parte baixa. Após a conclusão da primeira parte o grupo que irá continuar, subirá para pernoitar na Fazenda Campo do Zinco. Quem não for subir encerra sua participação e pedala mais 16km retornando a Timbó.
Nos quatro dias seguintes o grupo irá finalizar toda a volta do circuito pedalando pela parte alta e retornando a Timbó no último dia. Ao todo serão cerca de 350km.
O dia que antecede o Velotour (sábado) será uma ótima oportunidade de integração dos participantes antes do início da viagem, em Timbó.
 
DIA
PROGRAMAÇÃO
 
05
SAB
Confraternização dos participantes em TIMBÓ
06
DOM
TIMBÓ – POMERODE
07
SEG
POMERODE – INDAIAL
08
TER
INDAIAL – RODEIO (ou CAMPO DO ZINCO)*
 
09
QUA
CAMPO DO ZINCO – DR. PEDRINHO
10
QUI
DR. PEDRINHO – ALTO CEDRO
11
SEX
ALTO CEDRO – PALMEIRAS
12
SAB
PALMEIRAS – TIMBÓ
 
13
DOM


* Para quem vai fazer apenas os 3 dias da Parte 1, de Rodeio retorna para o Timbó. O grupo que irá continuar no Circuito irá pernoitar na Faz. Campo do Zinco.

PERGUNTAS E RESPOSTAS
  1. Existe uma classificação de chegada no Velotour?
    Não. Também não há cronometragem da  chegada dos participantes. Não é uma corrida nem um evento competitivo. Na verdade o Velotour é uma grande celebração da bicicleta, tanto como meio de transporte, forma saudável de lazer e como ferramenta de interação com o meio e com as outras pessoas. O tempo do percurso só é limitado pelos horários de início e fim que em geral vão do amanhecer ao por do sol, e o participante gerencia o seu próprio ritmo.
  2. Posso colocar minha bagagem no carro de apoio?
    Não. O objetivo do Velotour é justamente criar uma situação de viagem real. Por isso não há carro de apoio e os participantes carregam sua bagagem. O carro de resgate passará somente uma vez no final do dia e não poderá ser utilizado como apoio.
  3. Iniciantes podem participar?
    Apesar de não ser necessária experiência em cicloturismo, o Velotour pressupõe bom preparo físico e experiência com bicicleta, pois serão muitas horas pedalando e não haverá estrutura de apoio nem guias.
  4. Menores de idade podem participar?
    Somente acompanhados de pais que irão pedalar, e mediante uma autorização por escrito, assumindo todas as responsabilidades e isentando a organização das mesmas. Não é aconselhado para menores de 12 anos.
  5. Todos recebem o Certificado de Conclusão?
    Todos os participantes que fizerem a totalidade do percurso pedalando (ou empurrando) e tiverem suas credenciais carimbadas em todos os PCs receberão o carimbo de Conclusão na credencial. Os participantes que não percorrerem todo o trajeto pedalando ou que não puderem completar o trajeto receberão um carimbo de Participação. Os participantes que desrespeitarem as regras do Velotour perdem o direito de receber os carimbos e o certificado. Participantes que perderem a credencial não receberão os carimbos novamente.
  6. O que devo levar para o Velotour?
    O uso do capacete ciclístico é obrigatório. Sua bicicleta deve estar em perfeitas condições, revisada e testada para não apresentar problemas durante o Velotour, pois mecânicos ou lojas de peças vão estar bem longe na hora do problema. É importante levar: luvas ciclísticas, óculos de sol ou de proteção, protetor solar, capa de chuva, agasalho, ferramentas básicas de reparo, câmera de ar extra, água para o dia inteiro (pelo menos 1,5 litros), alimento para consumir ao longo do dia, muda de roupa seca (embalada em plástico), refletivos e farol com pilhas extras (mesmo sendo uma atividade diurna é sempre bom estar prevenido).
  7. Que tipo de bicicleta devo usar?
    Recomenda-se o uso de bicicleta tipo mountain bike com relação de marchas leve (de preferência 24 ou 27 marchas) para encarar as subidas, e com pneus largos e com cravos para as estradas de terra. Para quem utiliza bicicleta reclinada, valem as mesmas recomendações sobre as marchas e os pneus. Não serão aceitos participantes com bicicletas motorizadas.
  8. O Velotour é um tipo de Audax?
    Não. Apesar estrutura semelhante os objetivos são bem diferentes. O Velotour não visa a superação de limites, nem desafio de quilometragens muito altas. A idéia é aproveitar ao máximo o percurso com paradas para conhecer os lugares, as pessoas, tomar banho de cachoeira, etc.
  9. Como eu me inscrevo para o Velotour?
    A inscrição é feita na data de início do Velotour com uma hora de antecedência, portando documento e assinando o termo de adesão. Como não há limite de vagas para a participação, o único fator limitante são as condições de hospedagem local que devem ser providenciadas com antecedência por cada participante (veja as opções mais adiante).
     
  10. Caso tenha outras dúvidas leias as próximas páginas e depois entre em contato conosco: clubedecicloturismo@hotmail.com
VEJA COMO FOI O VELOTOUR NO VALE EUROPEU: 2008 2009 e 2010

Organização

Patrocínio

Consórcio de Municípios do Médio Itajaí
Apoio
Associação Vale das Águas
Restaurante Thapyoka
Hotel Timbó
Hotel Fink (Indaial)
Faz. Campo do Zinco (Zinco)
La Bella Pousada (Dr. Pedrinho)
Família Duwe (Alto Cedro)
Pousada do Faustino (Palmeiras)
      próximo >
  2. INSTRUÇÕES